Tag Archives Disney

O mapa mundi dos Filmes da Disney e da Pixar

Eowyn Smith, esse é o nome da Americana que teve uma ótima idéia para mostrar as crianças (e aos adultos também) onde se passam os principais filmes da Disney e da Pixar.

Eowyn é uma apaixonada por animações e resolveu unir os filmes de maiores sucessos das duas produtoras com um pouco de sua criatividade para ilustrar os cenários deles.

No total, são 45 filmes da Disney e 13 da Pixar. Para determinar a localização de cada animação não foi fácil, principalmente, porque nem todos os filmes informam com precisão os locais em que se passam, u seja, em alguns casos, isso pode ser questionado.

Mas, a artista tomou muito cuidado e seguiu alguns critérios para a construção do mapa. Primeiramente, ela levou em conta a localização determinada na história de acordo com a Disney ou a Pixar e, em casos onde a informação não foi passada com clareza, ela utilizou o conto real, o qual foi utilizado para a criação da animação.

No mapa da artista aparecem até filmes como Dinossauros, Monstros S.A!!! Incrível não é? E o Brasil aparece com Three Caballeros, na sua versão Brasileira “Você já foi à Bahia?”.

Veja alguns dos filmes citados no mapa com a justificativa de Eowyn Smith:

AMÉRICA DO NORTE

  • Pequena Sereia: Caribe. Embora o autor e história original são dinamarqueses, a vida selvagem é claramente tropical. Não há, simplesmente, nenhuma maneira de ter esse tipo de flora e fauna em qualquer lugar perto da Dinamarca. É muito razoável que o filme Pequena Sereia poderia ter lugar na colônia Danish, agora conhecida como as Ilhas Virgens dos EUA. Outra grande pista é o fato de que no início do filme a tempestade é referida Como um “furacão”. Algo que os europeus sabiam muito pouco.
  • Bambi: Norte dos EUA / Canadá. Embora originalmente uma história alemã, a coleção de animais, claramente, indica a vida selvagem norte-americana. “A Disney tomou a liberdade de mudar a espécie de Bambi, em um veado de cauda branca de sua espécie original, de cervo, já que o cervo não habita nos Estados Unidos e o cervo de cauda branca é mais familiar para Americanos. “
  • Pocahontas: Virginia, EUA. Explicitamente declarado.


AMÉRICA DO SUL

  • Três Caballeros: México, Brasil e Argentina. Explicitamente declarado

EUROPA

  • Robin Hood: Inglaterra. Explicitamente declarado.
  • Winnie the Pooh: Inglaterra. Embora o urso da vida real que Winnie the Pooh é baseado, é do Canadá, os livros são realmente definido em Ashdown Forest, Sussex, Inglaterra.
    Alice no País das Maravilhas: Inglaterra – Embora nunca explicitamente declarado no filme, o escritor foi o inglês Lewis Carroll.
  • 101 Dalmatians: Londres, Inglaterra. Explicitamente declarado.
  • Peter Pan: Londres, Inglaterra. Explicitamente declarado.
  • Brave: Escócia. Explicitamente declarado.
  • Branca de Neve: Alemanha. O filme não é suficientemente explícito para decidir definitivamente a sua localização, por isso a obra original dos Irmãos Grimm é colocado na Alemanha.
  • Bela Adormecida: França. Este filme é baseado na versão Charles Perrault desta história, há uma abundância de flor de lis, e o hino nacional francês é jogado para anunciar a chegada da princesa Aurora.
  • Pinocchio: Itália. Uma história italiana e eles estão perto de montanhas ao lado do mar.
  • Bela e a Fera: França. Explicitamente declarado.

ÁFRICA

  • Tarzan: Nigéria / Gabão. Embora nunca explicitamente afirmou, devido à vida selvagem e da proximidade com a costa, o filme teria que ter lugar na Nigéria ou Gabão.
  • Rei Leão: Quênia / Tanzânia.  A localização de Mt Kilimanjaro e o Serengeti estão localizados aqui.

ÁSIA

  • Mulan: China. Explicitamente declarado.
  • Aladdin: Arábia Saudita / Irã. Explicitamente declarado.
  • Moana: Ilhas do Sudeste. Explicitamente declarado.

DE OUTROS

  • Dinossauro: Pangaea.
  • Monstros Inc .: Universo Alternativo.
  • Wall-E: Terra / Espaço Futuro.

São muitos filmes e, alguns deles possuem uma justificativa muito grande, então se você quiser conferir todos eles o link é esse aqui:  http://theantilove.deviantart.com/art/Disney-Map-207593214 está em inglês.

 

Baby Groot, o alienígena mais fofo que você já conheceu, agora tem um copo exclusivo!

Recentemente, houve mais uma estréia da Disney nas telonas: Guardiões da Galáxia 2. Os fãs de Disney, de filmes com super-heróis “piram”. Eu, assisti ao primeiro filme, pouco antes do lançamento e AMEI. É cheio de aventuras e bom humor.

O primeiro “Guardiões da Galáxia” fez muitos – inclusive eu, se tornarem fãs do Groot e, antes mesmo do filme acabar, ficarem tristes pensando que o Groot teria morrido. Para quem não lembra, o primeiro Groot era adulto e ao final do filme se sacrifica ao criar um casulo para proteger seus companheiros – Peter Quill, Gamora, Drax e Rocket. Porém, o alienígena mais fofo que conhecemos, não morre, seu melhor amigo, o Rocket, pega um pedacinho dele e planta em um vasinho e ali mesmo, o Groot floresce. A última cena do filme,  vimos Groot bebê plantado em um vaso, dançando ao som de Jackson 5.

Com a estréia do filme, a Disney tem um espaço dentro do parque Hollywood Studios – o pavilhão One Man’s Dream, onde são divulgados seus novos filmes, geralmente nesse espaço, você pode encontrar os principais personagens do filme. Com a estreia recente do Guardiões da Galáxia 2, estão lá para receber os fãs: Baby Groot e Star Lord.

Claro que, não pude deixar de ir conhecer o Baby Groot – a dancinha no final do primeiro filme me conquistou. O pavilhão está bastante movimentado com os fãs do filme.

A Disney está apostando muito no Guardiões da Galáxia, sendo que  na California, eles até transformaram a Tower of Terror  em uma atração sobre o filme.

É tanta aposta no filme que eles lançaram um copo exclusivo do Baby Groot – está a venda no Hollywood Studios por $ 12,95 e acompanha uma bebida! Alguém aí gostou do filme?

Já assistiu ao filme? Eu ainda não fui, mas vou assisti-lo em breve!

Happily Ever After, o novo espetáculo do Magic Kingdom.

Nos últimos dois dias, os amantes do Mundo Disney estavam com os olhos voltados para o Magic Kingdom por dois motivos: a despedida do show Wishes que acontece no parque desde 2003 e a chegada do Happily Ever After – que substitui esse incrível e emocionante show.

Wishes é aquele show que emociona, toca lá no fundo e enche os olhos de lágrimas de tanta beleza. Estava “triste”com o fim de um show tão lindo, mas estava empolgadíssima com o novo show, tanto que todos os spoilers que a Disney deu a respeito, eu os assisti/li o que fez com que a ansiedade só aumentasse.

Ontem foi o grande dia da estréia do show noturno Happily Ever After e confesso que o show foi muito melhor do que eu esperava.

O Happily Ever After tem o maior investimento já feito num único show do Magic Kingdom, em quantidade de lasers, luzes -mais de 50 holofotes coreografados, projeções e fogos de artifícios. A trilha sonora do espetáculo foi gravada por uma orquestra – em Londres, e inclui músicas de diversos filmes da Disney, como: Tarzan, O Rei Leão, Aladdin e A Princesa e o Sapo, Moana, Brave, Big Hero 6, Zootopia e muitos outros. Durante o espetáculo aparecem mais de 20 filmes da Disney.

A história se passa no Castelo da Cinderela e ao redor dele. O espetáculo inicia-se com cenas de sonhos com muita magia e luz, porém os vilões entram em cena para destruir tudo isso, mas depois de vencer os medos e lutar pelo  que acreditam de verdade, os heróis vencem os vilões e essa linda vitória é celebrada com uma linda e grandiosa queima de fogos celebrando a vitória do bem sobre o mal.

Não tenho palavras para descrever a beleza desse show. Wishes também era lindo, com muito mais fogos do que projeções, e sim, já deixou saudades! Mas a vida é renovação constante e agora é hora de admirarmos e nos emocionarmos com esse novo, lindo e grandioso show e guardar as boas e lindas lembranças e emoções que o Wishes nos proporcionou por tanto tempo.

Tchau wishes, sentiremos sua falta!!

E, seja bem-vindo Happily Ever After, adorei te conhecer!

Para quem ainda não assistiu, aqui você confere a transmissão feita ao vivo pela Disney na noite de ontem:

 

Beijos, Cá

Casamento de princesa – Como é e quanto custa casar na Disney?

O sonho de muita gente é casar de véu, grinalda, na praia, na igreja ou, na Disney!! Para alguém como eu, que ama Mickey, Minnie e Cinderella  pode unir esses sonhos, ter um casamento de princesa, o Sr. Sra. Mouse como padrinhos e  cenários como Castelo da Cinderela para suas lindas fotos ficarem mais especiais!

Quando você decide que quer casar na Disney, de cara já te aparecem quatro opções: Flórida, Califôrnia, Hawaii ou Cuise – cruzeiro da Disney. Após isso, você escolhe o pacote de sua preferência. Existem 3 pacotes – de acordo com o parque escolhido, precisa confirmar disponibilidade. Os pacotes são:

Memories – à partir de U$ 2.500 dólares. Nesse pacote você tem direto a 4 convidados esse é ideal para renovação de votos.  Tem incluso 1h de celebração em uma limousine ou em um quarto, 1h de fotos, buquê da noiva, fotógrafo e desconto nos ingressos dos parques. Dos ambientes a disposição para a cerimonia estão: a Marina do Disney’s Grand Floridian, o terraço do Disney’s Wilderness Lodge, ou a praia particular do Polynesian Resort.

Escape – à partir de U$ 5 mil dólares. Esse pacote você tem direito a mais convidados (18), a cerimônia também é de 1h, possui o buquê de flores da noiva, champagne, bolo, fotógrafo, músicos (um violinista e um pianista), 4h de Limousine e dois ingressos anuais para o Walt Disney Word. Com custo extra, pode incluir na decoração,  personagens, fotos nos parques da Disney – exceto MK, álbum e vídeo da cerimônia. Aqui aumenta a opção de ambientes  o gazebo de cerimônias do Yacht Club Resort, o Sunrise Terrace do Wilderness Lodge, o Disney´s Wedding Pavillion, o Sea Breeze Point do Disney´s BoardWalk Resort e o o Canada Terrace do Epcot Center.

Wishes  – à partir de U$ 12 mil dólares você pode ter  o pacote dos sonhos, ele é completamente personalizado. Aqui você pode ter tudo que os outros pacotes oferecem, pode escolher entre 35 ambientes para realizar a cerimônia, ter um ônibus para seus convidados, jantar, fogos de artifícios, DJ e bebidas. E o mais importante: somente esse pacote é possível optar por fotos dentro do Magic Kingdom.

OBS: Se quiser o Mickey como padrinho, precisará desembolsar mais US$975,00,  a Minnie como madrinha, também acrescente mais US$450,00. E, saiba, que  se você resolver casar na Disney saiba que eles pedem para entrar em contato pelo menos de 9 a 12 meses antes!

Mais informações: https://www.disneyweddings.com/

U$12 mil dólares (cerca de R$39.700) é muito dinheiro, mas quando se fala em casar na Disney, eu não acho caro não! Já pensou tirar fotos vestida de noiva em frente ao Castelo da Cinderela? Ter uma carruagem para chamar de sua? Uma festa no Brasil, você gasta o mesmo ou mais e não tem um castelo, o Mickey e a Minnie…. Acho que essa é uma ótima opção a ser pensada!

Eu, já sei onde será o meu casamento, só preciso juntar alguns dólares, pois quero fotos na frente do meu castelo! rs…  Alguém mais tem esse sonho?

A “Loucura de Disney” chamada: A Branca de Neve e os Sete Anões (1937)

Quem já veio aqui no blog ou que me segue nas redes sociais sabe o enorme amor que eu sinto por algumas princesas da Disney. E a cada dia eu aprendo mais sobre minhas princesas favoritas, sempre compartilho assuntos interessantes, novidades e assuntos que não são tão conhecidos , além de  diversas curiosidades.

Um dos meus contos favoritos está a Branca de Neve e os Sete Anões.  Esse, foi o primeiro longa-metragem de animação produzido nos Estados Unidos, o primeiro totalmente a cores no mundo, o primeiro a ser produzido por Walt Disney e a ser considerado Clássicos Disney. O longa-metragem  é baseado no conto de fadas “Branca de Neve”, dos Irmãos Grimm. A história produzida pwla Disney foi adaptada por Dorothy Ann Blank, Richard Creedon, Merrill De Maris, Otto Englander, Earl Hurd, Dick Rickard, Ted Sears e Webb Smith.

Branca de Neve e os Sete Anões iria ser o primeiro filme de animação da história do cinema, e como tal, Walt Disney teve que lutar para conseguir que o filme fosse produzido. Roy Disney, seu irmão e parceiro de negócios e sua esposa Lillian tentaram persuadi-lo a desistir – nesse momento a indústria de Hollywood se referia ao filme ironicamente como “Loucura de Disney” enquanto estava em produção. Walt teve que hipotecar sua casa para ajudar a financiar a produção do filme. Branca de Neve custou no total US$ 1.488.422,74 milhão, uma valor enorme para um longa-metragem em 1937. 

A principal autoridade da animação do filme foi Albert Hurter, artista conceitual. Todos os desenhos usados ​​no filme, vieram a partir da aparência dos personagens – chamados de modelos de ação ao vivo, para a aparência dos cenários reais. Esse modelo de produção utilizado em diversos outros longas que vieram depois de Branca de Neve e os Sete Anões.

Branca de Neve e os Sete Anões estreou no Carthay Circle Theatre em 21 de dezembro de 1937, e foi aclamado pelo público, muitos dos quais eram os mesmos opositores que haviam apelidado o filme de “Disney’s Folly” (“Loucura do Disney” em tradução literal). O filme recebeu uma ovação de pé ao final da exibição, numa plateia que incluía Judy Garland e Marlene Dietrich.

Após o sucesso das exibições exclusivas na Radio City Music Hall em Nova York e num teatro em Miami, em janeiro de 1938, a RKO Radio Pictures lançou o filme para o público geral em 4 de fevereiro. Ele tornou-se um grande sucesso de bilheteria, arrecadando quatro vezes mais dinheiro do que qualquer outro filme lançado em 1938. ,Em seu lançamento original, Branca de Neve e os Sete Anões arrecadou US$ 3,5 milhões só no Estados Unidos e Canadá, e até maio de 1939, arrecadou US$6,5 milhões no mundo, sendo o filme com som mais bem sucedido de todos os tempos.

error: Content is protected !!