Tag Archives Dicas

Conheça atrações originais do dia da inauguração do Magic Kingdom que ainda funcionam

O Magic Kingdom foi inaugurado em em 1º de outubro de 1971 e, foi o primeiro dos quatro parques temáticos do Walt Disney World Resort em Bay Lake, próximo a Orlando, Flórida.

Após se passarem 46 anos do dia de sua inauguração o parque ainda conta com 14 atrações que foram inauguradas naquela época.

É um espetáculo apresentado por ursos robóticos que cantam e tocam músicas nos estilos country e rock’n’roll. Além de serem super animados os ursinhos ainda contam piadas super engraçadas. A atração dura cerca de 15 minutos;

Country Bear Jamboree é uma das últimas atrações que Walt Disney ajudou a desenvolver pessoalmente. Este show originalmente foi planejo para um resort de esqui da Disney em Mineral King, Califórnia. Como este resort nunca foi construído, o show dos ursos cantantes mudou-se alegremente para a Flórida em 1971 e realiza apresentações diárias no Magic Kingdom Park desde então.

Inspirado no clássico de animação Dumbo da Disney, de 1941, Dumbo the Flying Elephant convida você a acompanhar o elefante quando ele descobre que é capaz de voar. Esse brinquedo é uma super aventura principalmente para crianças. Durante seu passeio por meio de um controle – joystick, você pode subir e descer com o seu carrinho tornando o passeio ainda mais divertido.

Trata-se de uma ótima atração para você testar a sua pontaria. Em “Frontierland Shootin´ Arcade” você poderá manejar uma Hawkins genuína, calibre 54 (claro que devidamente adaptada). Com aproximadamente 100 alvos interativos, o cenário empoeirado oferece um cenário perfeito para você testar sua pontaria.

É necessário pagar uma tarifa adicional para brincar no Frontier Shootin’ Arcade. Um crédito (cerca de 2 moedas de 25 centavos de dólar) renderá aproximadamente 25 tiros. São necessários créditos adicionais para brincar mais.

Quem visita o Magic Kingdom não pode deixar de brincar nesta atração. Trata-se de um passeio de barco concebido por Walt Disney e que foi apresentado pela primeira vez ao público numa feira denominada “New York World’s Fair”(1964-1965). Nesta atração os visitantes passeiam lentamente em barco por cenários repletos de bonecos animatrônicos representando vários lugares do mundo e que entoam a melodia, “It´s a Small World After All”.

Curiosidade: Em 2005 a atração passou por uma grande reforma, onde os bonecos receberam novas vestimentas, os cenários foram refeitos, um novo sistema de iluminação e de som foi instalado, dentre outras melhorias.

 Nesta atração os visitantes são levados – por barco – a um safari ao longo de uma selva repleta de animais de origem africana, elefantes tomando banho, rinocerontes, caçadores, dentre outros bonecos animatrônicos. Os guias que conduzem o barco disparam tiros (de brincadeira é claro) visando dar a impressão que estão lhe salvando dos perigos da selva.

Curiosidade: Existem 16 (dezesseis) barcos no Jungle Cruise, cada um batizado com um nome diferente, que presume-se tratar-se de uma homenagem aos primeiros funcionários que operaram a atração quando da sua inauguração: Amazon Annie, Bomokandi Bertha, Congo Connie, Ganges Gertie, Irrawaddy Irma, Kwango Kate, Mongala Millie, Nile Nellie, Orinoco Ida, Rutshuru Ruby, Sankuru Sadie, Senegal Sal, Ucayali Lolly, Volta Val, Wamba Wanda e Zambezi Zelda.

Uma das atrações mais famosas de Fantasyland – alguns amam, outros odeiam. Esse brinquedo foi inspirado numa das cenas do desenho “Alice in Wonderland” (1951), mais especificamente na cena da festa do chá. Você irá girar e girar sem em uma chícaras gigantes até ficar tonto. É uma das atrações mais rápidas do parque, cerca de 2 minutos.

Nessa atração vocês embarcam numa aventura até a “Terra do Nunca”, passando pela cidade de Londres e pelas cenas do desenho de Walt Disney, “Peter Pan’s Flight” (1953). O barquinho da atração representa uma miniatura de embarcação pirata como a do Capitão Gancho. Logo no início da atração a fadinha “Tinker Bell” irá lançar um encanto  para que você possa levantar vôo.

Esta certamente é a atração principal do Magic Kingdom. Trata-se do carrossel com 90 (noventa) cavalos, sendo 72 (setenta e dois) deles fabricados em 1917 oriundos da “Philadelphia Toboggan Company”. Existem 18 (dezoito) painéis espalhados pela atração contendo cenas do desenho da Cinderela. Essa é o tipo de atração que todos devem ir pelo ao menos uma vez, é rápido mas tempo suficiente para ficar gravado na memória.

Curiosidade: Construído em 1917, o Liberty Carrousel, como foi chamado originalmente, situava-se inicialmente no Belle Isle Park, em Detroit. Com diâmetro de 60 pés, o carrossel foi construído pela Philadelphia Toboggan Co. e é um dos maiores do seu tipo no mundo. O nome original desta atração era Cinderella’s Golden Carrousel, mas em 1º de junho de 2010, foi oficialmente substtuído para Prince Charming Regal Carrousel.

A atração é baseada no romance de Hohann Wyss sobre as aventuras de uma família naufragada a caminho da América, nesta atração você poderá adentrar numa casa construída em uma enorme árvore feita de concreto, contendo 1400 (mil e quatrocentos) galhos e 300.000 (trezentas mil) folhas de polietileno. Para escalar a árvore você demorará aproximadamente 10 minutos e durante o seu passeio você verá as dependências da casa dos Robinsons.

É  um tributo a Constituição dos Estados Unidos da América do Norte que causou verdadeiro furor por ocasião da sua inauguração, pois apresentava até então os mais aperfeiçoados bonecos animatrônicos existentes. Atualmente tais bonecos não são mais tão aperfeiçoados quanto eram na época que foram apresentados pela primeira vez ao público. É uma atração longa, dura aproximadamente 30 minutos.

A atração “Haunted Mansion” ou Mansão Mal-Assombrada é uma das atrações mais populares do parque, fama que se mantém intacta desde a sua inauguração em 01 de outubro de 1971. Para chegar em Haunted Mansion você atravessa um lindo portão e enquanto aguarda na fila verá um quintal onde existem inúmeras lápides com inscrições muito engraçadas. Apesar do nome não é uma atração aterrorizante, não tem sangue, mutilações macabras, porém crianças menores podem se assustar.

Trata-se de uma agradável atração que simula uma corrida de automóveis. Em “Tomorrowland Speedway” os visitantes do Magic Kingdom irão pilotar réplicas de carros de corrida que atingem até 12 km/h, em 04 (quatro) pistas que se extendem ao longo da atração. Durante a fila você consegue observar fotos que contam a historia das corridas de Indianapolis.

Logo que você adentra ao Magic Kingdom verá uma plataforma elevada onde poderá dar uma volta no parque em uma maravilhosa locomotivas à vapor. Walt Disney era um fanático por ferrovias, não por outro motivo, construiu um trem o qual denominou de “Lilly Belle”. Posteriormente novas locomotivas foram acrescentadas – “Walter E. Disney”, “Roy O. Disney” e “Roger Broggie” (nome de um dos Disney Imagineers tão aficionado por ferrovias quanto Walt).

Todas as locomotivas foram construídas em 1928 – coincidentemente – o mesmo ano em que o Mickey foi criado. Os pesquisadores de Disney foram buscar tais locomotivas no México onde eram usadas para arrastar cana-de-açúcar em Yucatán. Elas foram trazidas e revisadas completamente retornando ao seu esplendor original, incluindo o assobio típico da máquina à vapor. As locomotivas de “Walt Disney World Railroad” levam os visitantes para um lindo passeio ao longo do perímetro do Magic Kingdom, passando pelos bosques, Tom Sawyer Island e outras atrações.

Walt Disney era fascinado por estradas de ferro. Seu tio Mike era engenheiro de locomotivas e Walt, ainda pequeno, vendia chicletes, cigarros e refrigerantes para os passageiros dos trains que faziam uma parada na estação existente em Marceline, Mo. Quando adulto – na Califórnia – Walt montou estrada de ferro em miniatura – Carolwood Pacific Railroad – no seu jardim para que pudesse se divertir com os seus convidados. Encantado com sua estrada de ferro em miniatura, Walt decidiu compartilhar seu amor por trens com o mundo inteiro. O resultado foi a Santa Fe & Disneyland Railroad, um favorito dos visitantes desde que o parque abriu em 1955. Atualmente, existem estradas de ferro em todos os parques da Disney no mundo.

 

Por mais que eu sempre vá ao parque a maioria dessas atrações eu nunca entrei!!

E, me conta.. você sabia que essas atrações estão no parque desde a inauguração? Qual dessas atrações você conhece ou tem vontade de conhecer?

Como amenizar as machas do Melasma

O melasma é um dos motivos que mais leva pessoas aos dermatologistas, inclusive eu.

Há alguns anos que batalho contra o melasma, no sentido de suavizar a mancha – meu melasma fica na região central da testa e vai ate a raiz do cabelo – infelizmente não tenho fotos porque simplesmente eu não me sinto confortável tirando fotos sem maquiagem, e isso de não se sentir confortável é muito mais comum do que eu pensava, a dermatologista me disse que é muito comum, inclusive muitas pessoas tem a auto-estima e as vezes até a vida social comprometida pelo fato de ter essas mechas escurecidas no rosto, pescoço e colo.

O Melasma não tem cura, mas tem tratamento a fim de amenizar o problema. Basicamente o tratamento consiste em proteger das luzes naturais ou não, tratar – com ácidos, lazers e dermocosméticos e hidratar a pele;

Aproveitando a estadia no Brasil fui em uma nova dermatologista em Florianópolis a qual está me ajudando a suavizar o melasma e me deu uma série de indicação do fazer para alcançar meu objetivo que é melhorar a aparência do melasma.

Usar protetor solar; Até aqui não temos nenhuma novidade, mas o protetor solar para quem tem melasma deve ter algumas características importantes para o cuidado das manchas, como:

  • O protetor solar deve conter proteção UVA + UVB e, sempre com FPS maior que 50;
  • Deve ser colorido; Para proteger a pele da luz (solar e visível) é necessário que o protetor contenha pigmentos (tipo maquiagem). O motivo é simples: somente esses pigmentos tem a capacidade de fazer com que as luzes não cheguem a pele.

DICA: A Dermatologista ainda me deu uma dica caso eu não gostasse do protetor solar com cor, que eu aplicasse durante o dia algumas vezes um pó compacto no rosto, assim teria o mesmo efeito;

Incluir no tratamento do melasma medicamentos por via oral com substância como tranexâmico que tem como principal função bloquear estímulos negativos que provocam ou acentuam o melasma; É importante que o uso de medicamento seja acompanhado por um médico;

Tratar vasos sanguíneos que geralmente estão aumentados na região onde esta o melasma; O Tratamento geralmente é feito com laser que tratam pigmentos castanhos e geralmente é necessário várias sessões para que se consiga eliminar o acumulo de melanina; Para esse tratamento é importante a avaliação e o acompanhamento com especialista.

Hidratar sempre a área do melasma com dermocosméticos específicos e também usar ativos calmantes e antiinflamatórios principalmente quando está fazendo uso de ácidos clareadores como os populares claquinona ou tri-luma. O uso desses produtos podem irritar, deixar a pele vermelha e causar escamação induzindo assim uma maior produção de melanina tendo efeito contrário e aumentando o melasma.

Eu tenho seguido as dicas e também usando os remédios e dermocosméticos indicados todo santo dia e estou bem feliz, pois, tenho visto melhoras a cada dia e, se eu posso deixar um conselho é não esqueça nenhum dia de nenhum dos passos da sua rotina, só assim você vai conseguir amenizar essas machinhas chatas.

Se você tiver alguma dica de cuidados com o melasma deixa nos comentários!

 

10 Dicas para Cuidar sua Beleza na próxima Estação

O inverno está chegando e, nessa estação nosso corpo pede cuidados a mais. O inverno geralmente é carcterizado por estiagem das chuvas, tornando o clima mais seco que pode prejudicar as mucosas, ressecar a pele e o cabelo. É muito comum no inverno, termos rachaduras nos lábios e pés, os cabelos tendem a ficar mais opacos pelo excesso de água muito quente e menos lavagens e hidratações.

Então, confira agora 5 dicas de beleza para manter seu corpo saudável e bonito durante toda estação.

Verão ou inverno nosso corpo precisa de cuidados. Cuide-se e aproveita a estação mais linda do que nunca!

Beijos,

Esse post faz parte do Coletivão BIS.

Pinceis Disney Princess: A linha de pincel que toda apaixonada por maquiagem precisa ter!

Toda mulher que gosta de maquiagem ama um pincel, não é mesmo?

A escolha desse item é bem demorada, tem que ser bom, tem que ser bonito e claro tem que ter um preço bacana! Pois é, a Disney junto tudo isso e lançou uma linha fofa de pinceis inspiradas nas Princesas, sim, nas princesas!

Os kits são de 3 a três pinceis, cada kit é para uma área e o único pincel que é vendido separado é o kabuki que é da coleção da Belle.

 

Esses kits lindos estão sendo vendidos no Walgreens, o preço varia de $5 a $9 dólares, e você também consegue encontrar em sites como Amazon e Ebay.

Os meus preferidos são os kits da Bela e da Ariel, e o seu?

Meu TOP Delineadores

Fazer um delineado perfeito não é fácil. Para conseguir um bom resultado você precisa de 2 coisas: prática e um bom delineador

Delineador bom não precisa ser necessariamente um delineador caro. Existem vários baratinhos por aí que são ótimos!! E, claro que às vezes o que foi bom para mim pode não ser bom para você! Cada um com suas preferências!! Para mim, um bom delineador é aquele que desliza suavemente, se for líquido que não demora muito a secar, que indiferente de ser, líquido, gel, caneta ou lápis não transfere depois de aplicado e que tenha uma boa pigmentação e uma boa fixação. Minha preferência é sempre que o delineador seja tudo isso e não seja à prova d’água! Só tenho um item de maquiagem que é à prova d’água.

deli

Eu comecei delineando os olhos com lápis preto do Boticário. Eu deixava a ponta bem fininha, conseguia ter firmeza para não sair tremido, precisão para começar fininho e engrossar o traço no final e o melhor ele nunca derreteu ou transferiu para a pálpebra. Usava todos os dias, o dia inteiro, ia para o trabalho, depois emendava a faculdade e meu delineado estava lá, firme, forte e guerreiro, comigo até o fim do dia!

Depois que estava craque no delineado com o lápis comprei uma caneta delineadora, porque é um saco ficar apontando lápis, dia sim, dia não – não lembro a marca no começo, foi difícil controlar o peso da mão porque a caneta é mais sensível do que o lápis, o lápis você precisa “forçar” um pouco mais – o que diminui a chance de errar porque você vai com calma para marcar e depois manda a ver para  finalizar, enquanto a caneta você encosta e ela já sai pintando tudo!!

Tempo depois já parti para o delineador em gel – aqueles que muita gente comprou do BF – Beauty Factory que vendiam aquelas paletas de 120 cores, lembram? Pois é, comprei 2, um preto e um marrom. Usei muito, porque achei muito prático, mas eles secaram muito rápido, então parti para outras marcas porque eu gostei muito do efeito e da facilidade de aplicação. Depois desses comprei MAC e Inglot. 

Atualmente tenho 4 delineadores e um lápis que eu os  uso para delinear – dificilmente eu uso lápis preto na linha d’água. São eles:

delineador

Delineador em gel da Inglot (Preto 77): É bem preto, a pigmentação dele é divina; tem efeito matte; a durabilidade é ótima; não transfere;  demora para ressecar na embalagem, quando isso acontece com umas gotinhas de duraline você consegue usar todo o conteúdo. É bem difícil de tirar, por isso não o uso direto.

Delineador em gel da MAC (Preto): É bem preto, pouca diferença entre a pigmentação dele e o da Inglot; tem efeito matte; tem uma boa durabilidade; não borra com facilidade; é mais fácil de remover do que o da Inglot; resseca mais fácil com o duraline da Inglot você consegue aproveitar, mas não fica mais tão cremoso quanto antes, mas dá para usar na boa. Uso com mais frequência no dia a dia;

Caneta delineadora da Toque de Natureza (Preto): Bem pigmentado; não fica opaco; tem uma durabilidade boa; não transfere e nem borra com facilidade; é fácil de remover;

Caneta delineadora da Vult (Preto): É menos pigmentada que a Toque de Natureza; fica aparentemente mais matte que a Toque de Natureza; não transfere; é fácil de remover;

Lápis – O Boticário (Preto): Bem pigmentado, acho que o lápis mais pretinho que já conheci e que não escorre quando usado na linha d’água; não transfere; não borra com facilidade, mas borra; ele é macio; fica lindo tanto delineado normal quanto esfumado; é fácil de remover.

deline

Todos esses, eu já comprei mais de uma vez, o lápis do O Boticário, já perdi as contas de quantos usei! O da MAC – sendo bem sincera, eu só comprei o segundo pote porque quando o meu da Inglot acabou, não encontrava ninguém vendendo por menos de R$ 110/ R$ 120, na época cheguei a encontrar na internet por R$ 200 (detalhe: o dólar nem estava tão alto como está atualmente) e o da MAC, acabei comprando por cerca de R$ 70. Não tão preto como o da Inglot, mas é um bom delineador e saiu muito mais barato. Como aqui Inglot é mais barato, então ele voltou para minha bolsinha de maquiagem – MAC custa $17  com 3g- Inglot custa $15 com 5,5g, até se os valores fossem ao contrário eu usaria o da Inglot porque a diferença no preço não seria algo absurdo, fora ser muito mais pretinho e vem mais produto!! 

Me conte, qual é o seu delineador preferido? Tem algum lápis pretinho que goste muito? Conte aqui pra mim!

error: Content is protected !!