Tag Archives Cuidados com a Pele

D-Pigment Dark Spot Corrector, Avene. Uma ajudinha extra para cuidar do seu melasma

Como já relatei aqui no blog, faz alguns anos que sofro com melasma e, desde então já usei muitos produtos. Alguns deram resultados outros foram dinheiro jogado ao vento. Mas atualmente tenho usado alguns produtos para amenizar esse problema que tem me deixado muito satisfeita.

Hoje, venho falar sobre um desses dermocosméticos , o D-Pigment Dark Spot Corrector, da Avene.

D-Pigment Dark Spot Corrector, da Avene é um clareador facial progressivo que reduz o excesso de melanina da pele. Ele promete uniformizar a tonalidade da pele, além de devolver a luminosidade. Porém ele é um dermocosmético complementar de tratamentos dermatológicos.

A fórmula do produto  combina um trio de ativos sinergéticos e complementares muito eficazes no tratamento do melasma: Melanyde, Retinaldeído e Pré-Tocoferil. O D-Pigment possui ação clareadora que reduz a síntese da melanina enquanto preserva o metabolismo celular graças à presença do Melanyde®. Já o Retinaldeído estimula a renovação celular e ajuda a eliminar a melanina da superfície da pele. O Pré-Tocoferil®, precursor da vitamina E, contribui para a ação despigmentante por diminuir a produção da melanina graças à sua potente ação antioxidante.

 

MINHA EXPERIÊNCIA:

Não posso dizer que 100% dos meus resultados é por conta do D-pigment, afinal eu uso ele como complemento do meu tratamento onde o principal (mais forte) dermocosmético é  tri-luma – que uso de 2 a 3 vezes por semana.

Mas posso dizer que ele funciona sim, e muito bem por sinal!  Como eu seu disso?

Há 2 anos atrás usei tri-luma + Pigment Clair, da La Roche (R$199) e o resultado não foi o mesmo e, olha que estou usando há 2 meses o D-Pigment (R$100). Tempo muito inferior que o tempo que usei o Pigment Clair (1 ano e 2 meses).

Com o uso diário do D-Pigment percebi melhora na cor do melasma, depois de quase um mês uso de D-Pigment usando todos os dias. Depois de alguns dias já senti uma pele mais hidratada e macia. O meu melasma em minhas sardas estão tão mais claros que até quem vive ouvindo minhas reclamações sobre o meu melasma percebeu melhora.

Acho legal ressaltar que ele tem um bom rendimento, eu uso para o rosto todo uma bolinha menor que uma ervilha e é suficiente para o rosto todo e não apenas na área do melasma  – por sugestão da dermatologista, pois assim ele auxilia também no tratamento das sardas que tenho no rosto.

 

Outra coisa que quero deixar registrado é que esse antes e depois não é meu, mas é de uma moça que também usou o produto em questão e autorizou que a foto dela do antes e depois fosse publicada a fim de mostrar que assim como aconteceu comigo, com ela também funcionou. E, não tem uma foto do meu antes e depois por dois motivos: 1 – eu não fotografei o antes e o depois; 2 – eu não me sinto à vontade, acho que não teria coragem de colocar minha foto aqui – é pessoal mesmo, eu acho muito feio e não me aceitei com o rosto manchado mesmo, tanto que são poucas pessoas que já me viram com o rosto 100% limpo. Me desculpem, mas eu ainda não estou pronta para isso;

 

*Esse post não é PUBLI. O produto foi comprado por mim e, não tem o objetivo de induzir ninguém a sair comprando o produto em questão. Ele é apenas um relato da minha experiência com o produto, que por acaso foi indicado pela minha dermatologista como complemento para o meu tratamento prescrito por ela.

Como amenizar as machas do Melasma

O melasma é um dos motivos que mais leva pessoas aos dermatologistas, inclusive eu.

Há alguns anos que batalho contra o melasma, no sentido de suavizar a mancha – meu melasma fica na região central da testa e vai ate a raiz do cabelo – infelizmente não tenho fotos porque simplesmente eu não me sinto confortável tirando fotos sem maquiagem, e isso de não se sentir confortável é muito mais comum do que eu pensava, a dermatologista me disse que é muito comum, inclusive muitas pessoas tem a auto-estima e as vezes até a vida social comprometida pelo fato de ter essas mechas escurecidas no rosto, pescoço e colo.

O Melasma não tem cura, mas tem tratamento a fim de amenizar o problema. Basicamente o tratamento consiste em proteger das luzes naturais ou não, tratar – com ácidos, lazers e dermocosméticos e hidratar a pele;

Aproveitando a estadia no Brasil fui em uma nova dermatologista em Florianópolis a qual está me ajudando a suavizar o melasma e me deu uma série de indicação do fazer para alcançar meu objetivo que é melhorar a aparência do melasma.

Usar protetor solar; Até aqui não temos nenhuma novidade, mas o protetor solar para quem tem melasma deve ter algumas características importantes para o cuidado das manchas, como:

  • O protetor solar deve conter proteção UVA + UVB e, sempre com FPS maior que 50;
  • Deve ser colorido; Para proteger a pele da luz (solar e visível) é necessário que o protetor contenha pigmentos (tipo maquiagem). O motivo é simples: somente esses pigmentos tem a capacidade de fazer com que as luzes não cheguem a pele.

DICA: A Dermatologista ainda me deu uma dica caso eu não gostasse do protetor solar com cor, que eu aplicasse durante o dia algumas vezes um pó compacto no rosto, assim teria o mesmo efeito;

Incluir no tratamento do melasma medicamentos por via oral com substância como tranexâmico que tem como principal função bloquear estímulos negativos que provocam ou acentuam o melasma; É importante que o uso de medicamento seja acompanhado por um médico;

Tratar vasos sanguíneos que geralmente estão aumentados na região onde esta o melasma; O Tratamento geralmente é feito com laser que tratam pigmentos castanhos e geralmente é necessário várias sessões para que se consiga eliminar o acumulo de melanina; Para esse tratamento é importante a avaliação e o acompanhamento com especialista.

Hidratar sempre a área do melasma com dermocosméticos específicos e também usar ativos calmantes e antiinflamatórios principalmente quando está fazendo uso de ácidos clareadores como os populares claquinona ou tri-luma. O uso desses produtos podem irritar, deixar a pele vermelha e causar escamação induzindo assim uma maior produção de melanina tendo efeito contrário e aumentando o melasma.

Eu tenho seguido as dicas e também usando os remédios e dermocosméticos indicados todo santo dia e estou bem feliz, pois, tenho visto melhoras a cada dia e, se eu posso deixar um conselho é não esqueça nenhum dia de nenhum dos passos da sua rotina, só assim você vai conseguir amenizar essas machinhas chatas.

Se você tiver alguma dica de cuidados com o melasma deixa nos comentários!

 

Benefícios do Pepino para a sua pele

Vitamina C, vitamina B5, potássio, magnésio, folato, fibras e antioxidantes fazem parte desse alimento que não faz bem apenas para a saúde, o pepino faz muito bem também para pele, pois ele tem propriedades que podem auxiliar no tratamento da mesma.

O pepino contém quantidades elevadas de vitamina E e óleos naturais, o que transforma o pepino em um excelente item para auxiliar no reparo, na hidratação e auxiliar na vitalidade e brilho natural da pele. As máscaras de pepino se destacam, pois são ricas em vitaminas A, C e E e ainda tem propriedades antioxidantes que auxiliam no retardo do envelhecimento da pele e favorece a produção de elastina e colágeno.

Podemos usar o pepino para tratar vários “problemas” como vermelhidão na pele, acnes, inchaço e olheiras, manchas, com o uso contínuo percebemos uma pele mais hidratada e revitalizada. Além de existir no mercado vários produtos para esses fins, também podemos optar por um tratamento natural com bons ingredientes com receitinhas caseiras.

Além dos vários benefícios, não posso deixar de citar que o pepino tem um baixo custo, 1kg custa em média 5 reais. Com um pepino dá para fazer a máscara e usar umas 3 vezes. Eu tenho usado e tenho gostado muito, principalmente porque a pele fica fresquinha e muito hidratada sem ficar oleosa.

São muitos os benefícios, então aproveite e cuide da sua pele de forma natural e gastando quase nada!

Beijos,

Água Micelar: Vários produtos em um só

Água Micelar é um produto muito comum, esse produto se tornou popular, graças ao mercado Europeu e de um tempo para cá, ganhou o mundo e às brasileiras.

A água micelar tornou-se extremamente popular no mundo todo porque possui diversos benefícios, sendo como principal a limpeza profunda da pele, respeitando o ph e o equilíbrio fisiológico da pele. Ela é uma grande aliada na rotina de beleza, principalmente por ter vários produtos em um. Pela manhã, ela elimina a oleosidade, limpa e tonifica a pele, deixando-a pronta para o dia – com ou sem maquiagem e, a noite auxilia a limpeza e remoção de todos os resíduos acumulados durante o dia, como a maquiagem, poeira, oleosidade. Além de auxiliar para demaquilar e limpar a pele, a água micelar pode contribuir muito, pois é um produto que reequilibra, suaviza e purifica a pele.

Atualmente, no mercado, existem algumas variedades do produto,de diversas marcas, nas prateleiras . A que eu uso e tenho gostado bastante é a  da Garnier, já usei da Avène, é boa também.

img_7809

Já comentei, algumas vezes, aqui no blog – acredito que no canal também, sobre o melasma que tenho na testa, duas vezes na semana (no outono/inverno) eu aplico hidroquinona na área do melasma e no resto do rosto, os produtos normais que uso a semana toda ( alguns deles, indicação da dermatologista, os outros são escolhas minhas, mesmo, rs). No dia seguinte, minha testa fica vermelha – até aí, normal, minha dermatologista já tinha alertado-me quando comecei a usar, como eu sou bem branca e minha pele é sensível, isso poderia acontecer, e nunca  incomodou-me o fato de ficar vermelho porque o MEU melasma clareia muito – isso é o que realmente conta para mim e, eu vivo com maquiagem na cara, então, tá ótimo, nem ligo!!  Mas, voltando ao assunto da água micelar, o legal – e o que me fez virar fã, é que depois que comecei a usar a água micelar todos os dias (ao acordar e antes de dormir) independente de usar maquiagem ou não, a minha testa não fica tão vermelha quanto antes e a oleosidade do nariz – única parte oleosa do meu rosto, diminuiu bastante!

Ela serve para várias funções, tem um ótimo preço e já existem diversas opções no mercado:

agua-micelar

 

  1. Água Micelar comum – sem mistérios, a popular que todo mundo encontra super fácil.
  2. Água Micelar Waterproof Makeup Remover & Cleanser – para remoção de produtos a prova d’água e de longa duração;
  3. Água Micelar em óleo – uma versão bifásica para quem sempre preferiu demaquilantes desse tipo –  promete remover facilmente produtos à prova d’água e de longa duração, além de proporcionar todos os outros benefícios da água micelar;
  4. Água Micelar Pure Active – É igual a primeira citada aqui, porém essa foi formulada especialmente para peles oleosas e sensíveis e foi lançada há pouco tempo!

Vou confessar que estou curiosa para provar a água Micelar Bifásica, principalmente para demaquilar os olhos, deve ser maravilhosa!! E você, usa, gosta?

Já usou a água micelar bifásica? Conte-me tudo, não me esconda nada.. rs

 

Beijos e até logo, Cá

DERMA NAIL, um novo conceito de tratamento e embelezamento de Unhas Mãos e pés

Poucas vezes, indiquei produtos ou marcas, aqui no blog ou no canal. Isso, porque eu apenas indico e/ou falo a respeito de marcas e produtos que eu conheço, que acredito na qualidade e no potencial da marca/produto. Sendo assim, hoje, vou falar um pouco de uma marca que eu conheci, há alguns anos e que desde então, ela tem investido muito em pesquisas para melhorar seus produtos, a fim de proporcionar maior segurança a nós, consumidores.

DERMA NAIL é uma empresa focada no desenvolvimento de produtos de tratamento, cuidados e beleza de unhas, mãos e pés, um de seus grandes diferenciais vem de seus processos de fabricação, produzida por uma indústria farmacêutica, todos os produtos são fabricados seguindo as normas de medicamentos da Anvisa, a primeira empresa onde todos os produtos têm estudos de Eficácia e Segurança, sendo que todos os estudos são comprovados por competentes dermatologistas. 

Todos os produtos da DERMA NAIL são aprovados pela ANVISA como produtos TESTADOS DERMATOLOGICAMENTE e HIPOALERGÊNICOS.

O que isso quer dizer? Que todos os produtos foram testados em humanos sob controle de um médico especialista em dermatologia, para aferir potencial de reações cutâneas e, que os produtos têm menor potencial alérgico.

Hoje, a DERMA NAIL é a primeira Indústria Brasileira que tem como objetivo passar confiança ao consumidor final, quanto a qualidade e segurança dos seus produtos. A DERMA NAIL tem uma vasta gama de produtos, cada um com o seu diferencial que tem como objetivo trazer resultados e bem estar para nós, consumidores.

dermanail

Percebo que o grande diferencial deles é que a empresa não se preocupa apenas com o resultado final da sua unha/ mão/ pé, para eles o assunto é muito mais importante do que aquilo que você vê – a unha pintadinha, bonitinha, sabe?  A DERMA NAIL vai além, eles se preocupam com a conscientização dos consumidores, sejam os profissionais e/ou consumidores finais, da importância em usar produtos que tenham qualidade, que sejam seguros e que tragam resultados, sempre pensando na nossa saúde e bem estar.

VOCÊ SABIA?

Que instrumentos de manicure – alicates e espátulas, se não forem limpos com os produtos adequados antes de serem postos na autoclave (equipamento utilizado para esterilização) os instrumentos não estarão 100% limpos, e, se esses instrumentos tiveram contato com sangue contaminado pelo vírus da hepatite você pode se contaminar.

Firmando o compromisso com seus consumidores, a DERMA NAIL tem produtos específicos para salões de beleza, desde a primeira etapa que começa com a limpeza adequada dos instrumentos com um produto específico, passando pelos cuidados com mãos e unhas até a cobertura com esmaltes 4 free.

DERMA NAIL sabe que o simples ato de ir a um salão e fazer as unhas pode causar vários problemas, como micoses, alergias e hepatite B ou C. Essa contaminação pode se dar a partir de instrumentos que não foram esterilizados e limpos de forma adequada e com o uso do produto correto. Às vezes isso não acontece por maldade e, sim por falta de informação técnica/ formação do profissional, até porque diferente de outros países, no Brasil manicures não precisam ter licença/formação para exercer a função – deixo claro que não estou menosprezando o trabalho de ninguém, apenas estou dizendo que o conhecimento técnico não se adquire no dia-a-dia, como a habilidade de fazer unhas. Em outros países, como nos EUA, a “manicure brasileira”, que é com a retirada da cutícula, não é permitida pelo órgão regulador, e não é feita pelos profissionais norte-americanos. Por motivos diversos, ela é vista como uma micro-cirurgia. 

VOCÊ SABIA?

Pesquisas revelaram que 40% da população MUNDIAL possui o vírus da hepatite B/C e mais de 80% das manicures brasileiras não têm a Vacina da H-C. Ela pode vir a se manifestar muitos anos depois do contágio, chegando a alterar funções do fígado e, em alguns casos, a pessoa pode desenvolver câncer. A forma mais comum de contrair a hepatite é através de instrumentos “compartilhados” não esterilizados e limpos da maneira correta – isso inclui até a toalha que a manicure utiliza para secar suas mãos e pés. Por isso, fique de olho, exija material descartável, luvas, protetores plásticos, produtos adequados e com funções específicas para a esterilização dos instrumentos, caso contrário leve o seu.

E você, já conhece a Derma Nail?

Que tipos de cuidados você tem ao fazer suas unhas em casa ou no salão?

Até a próxima,

Beijos, Cá

error: Content is protected !!