Roupateca. Consumo consciente, economia e estilo em um só lugar.

Biblioteca de roupas, Roupateca, Armário compartilhado são alguns dos vários nomes dado a nova “moda” que aos poucos vem chegando e ganhando espaço no Brasil. Em alguns países como Estados Unidos, Inglaterra, Espanha, Alemanha essa “ferramenta” é muito utilizada.

Afinal, quem nunca precisou comprar uma peça de roupa para uma ocasião e depois nunca mais usou essa peça? Ou recorrer ao armário da amiga para não gastar com algo que nunca mais vai usar ? Ou a um brechó, para não gastar horrores com algo que vai usar apenas uma vez, por algumas horas?  Pois foi pensando nesse tipo de situações que surgiram as primeiras “roupatecarias” – existe esse termo? rs, em alguns países como Estados Unidos, Inglaterra, Espanha esse armários compartilhados são muito comuns e muito utilizados e, aqui no Brasil essa nova opção esta sendo conhecida e aceita a cada dia mais.

Mas porque as roupatecas estão caindo no gosto da mulherada?

Diferentemente do Brechó que você compra uma peça por um preço mais acessível, na roupateca você empresta uma roupa – igual como fazemos com livros em bibliotecas. Com isso você nunca repete roupa, não fica com o guarda-roupas lotado, não gasta dinheiro desnecessário. Existem roupatecas que tem mensalidade a partir de R$100.

Como em qualquer biblioteca quando você atrasa a entrega do livro ou estraga o mesmo, você paga uma multa. Nas roupatecas isso não é diferente. Quando você participa desse tipo de sistema você precisa ter consciência e cuidar da peça como se fosse sua – isso inclui lavá-la, para que outro afiliado possa usufruir de peças com qualidade.

Eu particularmente não participo de nenhuma biblioteca de roupas, mas confesso que acho super válido para quem ama uma balada, quem sempre tem eventos que precisam de looks diferenciados. Se há uns 4 anos atrás isso existisse com certeza eu assinaria, porque o que eu gastei de dinheiro com roupas que usei uma ou duas vezes (porque eu não gostava e, não gosto até hoje de repetir roupas mais marcantes) e hoje estão guardadas – que eu mais empresto para amigas do que uso que dá ate uma tristeza em lembrar! rs Com tanta roupa que eu tenho e não uso daqui a pouco vou abrir a minha própria roupateca, rs.

Em São Paulo já tem diversas opções de roupatecas, você pode encontrar em Pinheiros, Vila Madalena, Santos.

E você, já conhece, participa de alguma Roupateca?

Comentários

comentários

error: Content is protected !!