Filme: Invencível. A história real de sobrevivência de Louis Zamperirni

Para quem não sabe, eu sou muito apaixonada por filmes. Tem semanas que eu chego  a assistir de 5 a 6 filmes, quando não estou assistindo a nenhuma série – que por acaso,  quando eu começo eu não paro até assistir a todos os capítulos, ô coisa triste!

Final de semana passado, assisti a um filme muito bom – contei no vlog, se você não o assistiu, clique aqui, o filme é de 2015, é baseado em fatos reais e foi produzido e dirigido pela diva Angelina Jolie e foi indicado ao Oscar em três categorias, o filme se chama: Unbroken ou INVENCÍVEL, em português.

louis-zamperini-angelina-jolie

O filme conta a história da vida Louis Zamperini, um atleta olímpico norte-americano, filho de Italianos. Durante a Segunda Guerra Mundial ele sofreu um acidente de avião no oceano pacifico. De todos os ocupantes sobreviveram apenas ele e mais dois companheiros.

bastidores-de-invencivel-1420641889150_956x500

Eles passaram 47 dias à deriva com 2 botes e alguns itens dos kits de sobrevivência. Em poucos dias um dos sobreviventes come toda a comida porque desacreditava que iriam ser encontrados e após isso eles passam a pescar para sobreviver. Ao longo dos 47 dias passam por muitas dificuldades e sofrimentos.

Já desacreditados de que sobreviveriam, são resgatados por um navio japonês. E então começa a segunda parte do pesadelo. O navio os leva para uma ilha, onde há campo de concentração. Lá são torturados e mantidos como prisioneiros de guerra.

cena-de-invencivel-1420641910088_956x500

Ao longo de dois anos, eles são explorados pelas forças japonesas e Louis Zamperini sofre mais ainda quando um capitão descobre que ele é uma figura conhecida nos EUA. Ao final do segundo ano sendo mantido como prisioneiro, a guerra acaba, eles são libertados e retornam aos EUA.

Todos sabem que os Norte-Americanos são muito patriotas. Em qualquer evento, seja futebol, show, corridas, eles pedem para que quem faz ou fez parte das forças armadas – seja no exercito, na marinha ou aeronáutica, que fiquem em pé para serem homenageados e recebam o agradecimento do público. No filme não é diferente tem uma bonita homenagem ao Capitão Louis Zamperini sobrevivente de guerra, atleta olímpico, que conheceu Hitler nos jogos Olímpicos ao qual participou, sobreviveu a deriva,  a guera, a tortura. Louis faleceu em julho de 2014, com 97 anos, por conta de uma pneumonia. Antes de sua morte, Louis encontrou quase todos seus antigos inimigos de guerra e os perdoou.

zamp

Esse filme uniu duas coisas que eu gosto muito: filmes baseados em fatos reais e filmes de guerra. Eu, achei o filme incrível, é uma história linda e bastante emocionante, fora a lição de vida! Eu não sei se seria capaz de perdoar alguém que me torturou da forma como Louis foi torturado, admiro-o muito por ter feito isso e qualquer pessoa que consiga!

Vou deixar aqui o trailer para que vocês vejam um pouquinho do que estou falando:

O filme não é um lançamento, mas acho que para quem está a procura de um bom filme fica aqui minha dica.

 

Comentários

comentários

error: Content is protected !!